sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Concrecoisa À Frente


Giniel inventou uma máquina capaz de modificar a essência da pessoa.

Na Máquina da Transformação M/B-69, tudo aquilo que é provido de maldade vira bondade.

Em Trusgy, seu país, o presidente deu ordem para a população passar pela M/B-69.

Em menos de 10 anos, como um milagre, todos os trugysianos estavam em estado de paz e dominados pela de bondade e civilidade.

Sem maldade, as penitenciarias de Trusgy viraram parques e centros de educação.

A profissão policial foi extinta.

Todos que combatiam a criminalidade migraram para a área da educação.

Os seguranças viraram desportistas.

Só quem não passou pela M/B-69 foi o presidente Preyon, que se achava totalmente do bem.

E era!

Ele se mantou no último dia de governo, quando percebeu que a semente da maldade de querer ficar no poder estava contaminando o seu coração.

Preyon estava à frente de seu tempo e Trusgy nunca mais precisou de governante.  

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Concrecoisa Reticências


...
Assim começou a vida.

...
Assim termina a vida.

...
Assim começa o mistério.

...

Assim continua o mistério.

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Concrecoisa Simplificação


Chupala nasceu numa tribo da África no começo do século passado.

Para vencer as dificuldades de uma vida trincada pelas adversidades naturais e inventadas pelo homem, aprendeu rapidamente os segredos da simplificação.

O seu mestre, contava, era Zaiam, que viveu num período antes de Cristo.

Quando um problema ganhava musculatura, ficava mais cabeludo, Chupala mandava cortar as capilaridades.

E assim, sempre resolvendo os problemas e ensinando a resolvê-los, acabou virando celebridade.

Certa feita, antes de virar síntese da síntese da vida, em visita ao Brasil, afirmou que “a simplificação é o degrau mais elevado da conquista humana”.

Hoje, mais do que nunca, Chupala precisa ser estudado.

O problema é que, de tanto simplificar a vida, Chupala acabou virando utopia.